Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

Por que escrever?

O que faz alguém escrever mesmo sabendo que ninguém lerá o que foi escrito?
     Gostaria de saber, pois estou escrevendo somente para mim... Mas ao mesmo tempo tem o fato da publicação na rede... O fato de não ser lido por ninguém é uma premissa que talvez não se confirme. Este texto está sendo publicado num espaço que não tem nenhuma divulgação e o seu endereço eletrônico não é de fácil acesso, portanto, é grande a probabilidade de que somente seja visto por mim... Então, novamente surge a pergunta, por que escrever? Acho que tudo se resume ao prazer que surge ao podermos expressar nossos sentimentos, anseios e sonhos... Não consigo imaginar um lugar que nos impeçam o exercício deste prazer. Por isso, antes de tudo escrever é uma forma de mostrar que somos livres e exercermos esta liberdade. Hoje somente faço uma pequena ode a este ato, por vezes, repleto de sacrifícios, mas ao mesmo tempo essencial para nossa vida...

Apenas mais um sentimento...

Ontem estava assistindo a Seleção Brasileira de futebol numa das tantas finais das quais participa. Uma tal Copa das Confederações. Não é sobre futebol que quero escrever, mas sim sobre o sentimento que surgiu em mim naquele momento. A bem da verdade já faz bastante tempo que sinto isso. Me refiro a uma certa aversão a tudo que está por trás daquela camiseta. É um sentimento muito estranho; como brasileiros temos respeito por tudo que diga respeito ao nosso país. Eu pelo menos não gosto de ouvir um estrangeiro falando mal do nosso país, me sinto atingido frontalmente.
     Mas este sentimento de apropriação não se transfere para os jogos da seleção brasileira de futebol. Me perguntei o porquê deste distanciamento que estava sentido, o porquê não sentia qualquer orgulho de ver a "canarinho" jogar. Às vezes me pergunto em que momento perdi a vontade de torcer pela seleção "canarinho". Não foi sempre assim, houve momentos que torci desesperadamente pela "nossa&qu…

Um começo...

Este é um início. Iniciar qualquer coisa sempre é difícil. Ainda mais escrever sobre momentos de vida...
Meu objetivo é escrever sobre as mudanças que ocorrem a todos nós, não importando o onde, não distinguindo o porquê. Sempre vivi querendo que as mudanças ocorressem ontem na minha vida, sempre pensei que nada acontecesse de novo na pacata vida que mantinha até então... De uma hora para outra, tudo, absolutamente tudo mudou... Sobre estas mudanças inesperadas quero escrever, sobre como enfrentamos estas loucas mudanças. Este será o tema inicial. Mas, a partir deste ponto inicial desejo explorar o cotidiano que em muitos momentos é peculiar, entretanto, em outros são apenas passagens de vida sem nenhum tom diferenciado.
     Não sei se alguém irá ler, acho muito pouco provável que este endereço eletrônico, escondido nesta rede, seja encontrado por alguém e ainda por cima que seja dispensado algum tempo para lê-lo. Mas a internet é muito pródiga em criar oportunidades e form…