Pular para o conteúdo principal

Ir aí em Iraí

     Estive pensando o quanto somos distantes de tudo que importa verdadeiramente. Ou quanto somos próximos de tudo que não tem relevência.
     Na realidade criamos prioridades inúteis. Não todas, mas uma grande parcela das nossas prioridades podem ser descartadas. E nem sempre nos apercebemos destes fatos.
     Este sentimento de que estamos perdendo tempo com prioridades erradas me assola faz algum tempo. Semana passada fui para Iraí. E como sempre me senti muito bem lá. Uma cidade encravada no noroeste gaúcho, uma cidade como tantas outras. Mas que tem algo diferente de tudo que vivi até então.
     Iraí me proporciona descobrir sentimentos deixados de lado na vida cotidiana. Um banho de rio, uma conversa com amigos de verdade ou um sorriso roubado no meio da rua. A troca de sentimentos com pessoas que quero bem e que me querem bem. Estes fatos mexem comigo. E de uma forma muito intensa.
      Depois que sai de Iraí me pergunto o porquê de gostar tanto desta cidade? O porquê me sinto tão bem em Iraí? Quando chego lá parece que entro numa outra dimensão. Em uma passagem de um livro do Carlos Castañeda, Dom Juan Matus, está com algumas pessoas na varanda de uma casa. E diz para que elas encontrem o seu lugar naquela varanda. Castañeda acha aquilo estranho, mas fica experimentando vários lugares para sentar. Então, depois de muitas tentativas, ele encontra um lugar que lhe proporciona uma ligação mística. No livro esta passagem é absurdamente interessante. A procura do seu lugar em uma varanda. E o encontro deste lugar. E as sensações experimentadas.
     Comigo aconteceu mais ou menos o mesmo, pena que não tive nenhum bruxo ao estilo Dom Juan Matus, mas tenho certeza que encontrei meu lugar neste mundo. Encontrei o meu porto seguro onde vou para encontrar minhas razões de viver. Este lugar é Iraí.
     É estranho. Se você for a Iraí encontrará uma cidade como muitas outras. Pequena, com uma igreja na praça central, a prefeitura do outro lado, ruas e nada mais. Mas se você a olhar com o coração verá muito mais do que isso. Encontrará uma cidade onde todos querem ser amigos. Encontrará uma paz inexplicável. Morei dois anos e quatro meses em Iraí, mas me sinto como se lá tivesse nascido. Sou grato por ter passado por Iraí e descoberto como podemos ser felizes com pouco. Não precisamos do carro no ano, do apartamento de milhões de reais ou festas badaladas. Precisamos somente sermos felizes e estar cercado de amigos. Verdadeiros amigos e não somente os amigos de redes sociais, mas sim pessoas de carne e osso com as quais compartilhamos sonhos, alegrias e tristezas. Amigos na verdadeira acepção da palavra.
      Quando encontro as pessoas que quero bem em Iraí, parece que não as vejo a poucos dias, parece que ontem nos encontramos tomamos um chimarrão e hoje estamos nos reencontrando. Mas não é assim, estou longe de Iraí já faz dois anos e pouco. Iraí é assim mesmo encurta distâncias (apesar de ser bem longe) e aproxima pessoas...Todos dizem que a água em Iraí é o seu diferencial. Concordo que água mineral não tem igual.  Que o Rio do Mel é fantástico. Mas ao meu sentir o que Iraí tem de melhor são as pessoas. São elas que fazem deste lugar um lugar especial. Agradeço por ter um dia morado em Iraí... Agradeço por ter amigos em Iraí e acima de tudo agradeço por ter sido tão feliz aí em Iraí, por isso digo que Ir Aí é o que me faz bem...

Trilha Sonora:
Frozen Love - Buckingham Nicks - Rock 70´s
One Slip - Pink Floyd - A Momentary Lapse of Reason
Lucifer - The Alan Parsons Project - Ultimate
Pour Me (Live at the Hollywood Bowl) - Coldplay - Singles
Memory Motel feat Dave Matthews (LP) - The Rolling Stones - Memory Motel Promo CD
First Track Pregap - U2 - War (2008 Remaster)
Summer Song - Joe Satriani - Live In Paris: I Just Wanna Rock (CD2)
All About You - The Rolling Stones - Emotional Rescue
In My Bed (Live At Concorde, Brighton) - Amy Winehouse - Frank
En El Borde - Soda Stereo - Doble Vida
I Saw the Light - Todd Rundgren - Rock 70´s
Gotta Serve Somebody - Bob Dylan - Rock 70´s
My Sharona - The Knack - Rock 70´s
Musterion - Joe Satriani - Live In Paris: I Just Wanna Rock (CD1)

Comentários

  1. Iraí é muito especial mesmo. Eu morei quase cinco anos lá e agradeço por isso. Cresci muito como pessoa e me senti verdadeiramente acolhida. Tenho um grande carinho pela cidade, onde conheci pessoas incríveis. Lis.

    ResponderExcluir
  2. Não sei se és a pessoa que eu encontrei esses dias no Fórum? Nos conhecemos rapidamente. Adorei teu texto, principalmente por eu estar chegando agora nessas bandas e estar me sentindo tão bem. Acho que serei fã da cidade como tu! Abraço! Denise.

    ResponderExcluir
  3. Olha amiguinho, saudade é uma palavra que dói, mas também faz a gente ter a dimensão, na rapidez de um reeencontro, de quanto as pessoas que amamos (como voc e a Raquelzinha) são importantes em nossa trajetória! Acredito que amigos são a família colocada por Deus em nosso caminho, e escolhida por nosso livre arbitrío a fazer parte de nossa vida, até o fim de nossos dias, independente da distância que estiverem! Assim...independendente das Vossas vontades...rssss (voc e Raq...) fazem parte da nossa família e da nossa casa! Um forte abraço e obrigada por não esquecer de nós... os Iraienses que amam vocs de todo coração!! Carla.

    ResponderExcluir
  4. Amigo querido!!! faço minhas as palavras da nossa amiga Carla..e tenhas certeza, que o pouco tempo que vc e Raquelzinha moraram em Iraí, conquistaram todos que atravessaram seus caminhos. Realmente, quem não é daqui, acaba por adotar a cidade e as pessoas para si, eu mesma fiz isso. Amo muito esta cidade. E você, é especial por demais para nós, encanta por onde passa, com a tua amizade sincera, tua humildade e simplicidade, e ao mesmo tempo, tão generoso e fiel. Venham sempre, tomar banho nas águas do rio do Mel, matar as saudades que sentimos de ti e de Raquelzinha, e nos trazer alegria que a presença de vocês nos proporciona. Amamos muito vces!!!! Rosa Maria

    ResponderExcluir
  5. que legal saber que tem alguem que gosta de irai tanto quanto eu, vc sabe que irai é um dos melhores lugares d mundo se nao o melhor, o povo amigo o receptivo, como diz uma das musicas de irai,"... a mao amiga que recebe a quem visita da a ela as feiçoes que ela hoje traz...", a agua o ar td, e pessoas que vem para irai e por culpa do destino seguem seu caminho e se vao mas guardam irai no coraçao.
    Abraço de seu amigo Casquinha

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Interaja com Ledventure...

Postagens mais visitadas deste blog

Os conflitos de Lucas

- Hoje você me disse que tudo estava acabado. Mas estamos aqui neste motel.
     - Não retiro o que te disse. Estar aqui é mais uma prova que o nosso amor acabou e que o único lugar onde ele ainda pulsa é aqui. O que é uma pena.
     - Mas ainda tem um lugar onde somos felizes.
     - Tu acha que felicidade é isso que vivemos? Se tu acha que isto aqui é felicidade, tenho que te dizer que você nunca foi feliz...
     - Eu aqui nos teus braços sou a mulher mais feliz deste mundo e isto é felicidade para mim.
     - Pois eu queria algo mais.
     - Lucas, tu é o primeiro homem que me diz isso, talvez por isso você seja tão especial.
     - Não sou especial, apenas quero ser feliz e formar uma família. Só isso, será que é pedir demais?
     - Com certeza para uma mulher como eu é pedir demais... Nem meu nome tu sabe. Só meu nome de guerra.
     - Como assim, tu não se chama Sharon?
     - Claro que não. Meu nome é comum e não combina com o que faço.
     - Então se revele, pelo menos…

"Como fazer sexo"

O Google a cada ano nos revela as trends, em nosso amado português podemos traduzi-lo como tendências. Ou no português mais nosso ainda são os termos mais pesquisados no ano. É interessante dar uma olhada para vermos como somos fúteis. No Brasil para se ter uma ideia o termo mais pesquisado foi o BBB13. Estamos reduzidos a quase nada. Ou um nada completo.
     Mas o que mais me chamou a atenção foi um o tal tópico de "Como fazer". São todas as pesquisas com tem como intenção descobrir como fazer determinada coisa e pasmem está em quarto lugar a pesquisa "como fazer sexo". Não acreditam, então acessem o link: Trends: Como fazer sexo. Fico imaginando a pessoa "googleando" antes daquela noite (manhã ou tarde) de sexo. "Já sei como fazer, mas quero dar uma recordada, hoje promete e não quero decepcionar". É o fim da várzea.
      Eu sei que o google faz parte da nossa vida, não nos vemos sem esta ferramenta dos tempos modernos, mas pesquisar c…

Vida em anacruse

Já escrevi vários inícios. Muitos refeitos ou deletados.
     Tentativas vãs. Ou melhor, tentativas desfeitas, mas não vãs, pois todas, absolutamente todas me ensinaram alguma coisa. Na verdade pouco importa, porque a cada início tudo se repete. Queria que fosse diferente. Talvez como a música que está tocando. Follow Me do disco Imaginary Day do Pat Metheny  é a música perfeita para retratar o que quero dizer. Esta música já inicia no meio de um compasso, o que recebe o nome de anacruse, acho que é este o nome.
     A vida poderia ser uma grande anacruse. Explico. Primeiramente tenho que tentar definir anacruse como a ausência de tempos no primeiro compasso de uma melodia. Não sou músico, por isso defino a anacruse de forma tão simplória e tosca. O que quero dizer com esta figura de linguagem é que seria mais fácil se a vida fosse em anacruse, ou seja, quando menos esperássemos já estaríamos vivendo, sem nenhum subterfúgio ou intróito. Não prepararíamos nada. Não desperdiçaríamo…