Pular para o conteúdo principal

A sopa.

     Conheci um casal muito louco. Ele estressado, sempre fazendo várias coisas ao mesmo tempo. Ela o oposto, sempre ponderada, calma, atenta as coisas que cercam este casal.
     Viramos amigos, sempre nos encontramos para conversar, mas ele é quase um hiperativo, nunca fica fazendo uma coisa só. Uns meses atrás ao entrar na casa deste casal notei que ela estava preparando uma sopa. Estranhei pois estávamos em fevereiro. Um mês quente, mas deixei assim, ficamos na sala conversando enquanto ela estava picando os ingredientes para a tal sopa...
     Umas duas horas depois fomos jantar, quanto sentei à mesa notei que a comida era massa, aí não entendi mais nada, iríamos comer massa (aliás muito boa) quando entrei na casa vi que ela fazia uma sopa. Mas como sou um cara que não gosta de ficar questionado comportamentos alheios deixei de lado.
      Comecei a prestar mais atenção neste casal de amigos. Constatei que em várias ocasiões ela fazia a sopa, picava os ingredientes, mistura uma série de temperos e algumas vezes até sorvíamos a sopa (que sempre estava uma delícia). Um dia não me contive e perguntei:
     - Por que tu sempre está preparando uma sopa? É a crise? Alguma superstição? Ou quem sabe uma nova dieta? Se for dieta quero fazer também, estou meio gordinho...
     - Não, nada disso... é uma terapia.
     - Como assim? Terapia?
     - Sim, a melhor terapia de todas. Começa no supermercado ao escolher os ingredientes, olho os vegetais da estação, abóboras, cebolas, couves, milhos, batatas-doce, enfim, escolho minuciosamente todos os ingredientes. Ao chegar em casa descasco todos estes ingredientes, os separo em porções para ser acrescentadas aos poucos. Me esqueço de tudo que me cerca, tudo absolutamente tudo, fico numa espécie de transe, somente me dedicando a sopa. Nada me faz sentido naquele instante a não ser a sopa, esta mistura fantástica de muitas coisas que separadas não são apetecedoras, mas que juntas formam um caldeirão de sabores e cheiros...
     - Então esta é a tua terapia.
     - Sim.
     A partir de então, sempre que me sinto meio estressado me dirijo ao supermercado e compro os ingredientes para a minha sopa.... e posso afirmar que me tornei um sujeito menos estressado do que era. O duro é que às vezes tenho que comer sopa no verão...

Trilha sonora:

The River - Bruce Springsteen - Rock 70´s
Trip Through Your Wires - U2 - he Joshua Tree (2007 Remaster)
Truth Hits Everybody [Live] - The Police -  Message in a Box
Summer Breeze - Seals and Crofts - Rock 70´s

Comentários

  1. Adorei!!! Desestressante, saudável e ainda emagrece!!

    ResponderExcluir
  2. Hoje vai ter sopa aqui em casa.
    Podem vir!!1

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Interaja com Ledventure...

Postagens mais visitadas deste blog

Os conflitos de Lucas

- Hoje você me disse que tudo estava acabado. Mas estamos aqui neste motel.
     - Não retiro o que te disse. Estar aqui é mais uma prova que o nosso amor acabou e que o único lugar onde ele ainda pulsa é aqui. O que é uma pena.
     - Mas ainda tem um lugar onde somos felizes.
     - Tu acha que felicidade é isso que vivemos? Se tu acha que isto aqui é felicidade, tenho que te dizer que você nunca foi feliz...
     - Eu aqui nos teus braços sou a mulher mais feliz deste mundo e isto é felicidade para mim.
     - Pois eu queria algo mais.
     - Lucas, tu é o primeiro homem que me diz isso, talvez por isso você seja tão especial.
     - Não sou especial, apenas quero ser feliz e formar uma família. Só isso, será que é pedir demais?
     - Com certeza para uma mulher como eu é pedir demais... Nem meu nome tu sabe. Só meu nome de guerra.
     - Como assim, tu não se chama Sharon?
     - Claro que não. Meu nome é comum e não combina com o que faço.
     - Então se revele, pelo menos…

"Como fazer sexo"

O Google a cada ano nos revela as trends, em nosso amado português podemos traduzi-lo como tendências. Ou no português mais nosso ainda são os termos mais pesquisados no ano. É interessante dar uma olhada para vermos como somos fúteis. No Brasil para se ter uma ideia o termo mais pesquisado foi o BBB13. Estamos reduzidos a quase nada. Ou um nada completo.
     Mas o que mais me chamou a atenção foi um o tal tópico de "Como fazer". São todas as pesquisas com tem como intenção descobrir como fazer determinada coisa e pasmem está em quarto lugar a pesquisa "como fazer sexo". Não acreditam, então acessem o link: Trends: Como fazer sexo. Fico imaginando a pessoa "googleando" antes daquela noite (manhã ou tarde) de sexo. "Já sei como fazer, mas quero dar uma recordada, hoje promete e não quero decepcionar". É o fim da várzea.
      Eu sei que o google faz parte da nossa vida, não nos vemos sem esta ferramenta dos tempos modernos, mas pesquisar c…

Vida em anacruse

Já escrevi vários inícios. Muitos refeitos ou deletados.
     Tentativas vãs. Ou melhor, tentativas desfeitas, mas não vãs, pois todas, absolutamente todas me ensinaram alguma coisa. Na verdade pouco importa, porque a cada início tudo se repete. Queria que fosse diferente. Talvez como a música que está tocando. Follow Me do disco Imaginary Day do Pat Metheny  é a música perfeita para retratar o que quero dizer. Esta música já inicia no meio de um compasso, o que recebe o nome de anacruse, acho que é este o nome.
     A vida poderia ser uma grande anacruse. Explico. Primeiramente tenho que tentar definir anacruse como a ausência de tempos no primeiro compasso de uma melodia. Não sou músico, por isso defino a anacruse de forma tão simplória e tosca. O que quero dizer com esta figura de linguagem é que seria mais fácil se a vida fosse em anacruse, ou seja, quando menos esperássemos já estaríamos vivendo, sem nenhum subterfúgio ou intróito. Não prepararíamos nada. Não desperdiçaríamo…